A Graça da Química > Qui-Legal
||A Graça da Química- Química, cor ou arte?
Química, cor ou arte?

Os ganhadores do prêmio Nobel de Química (2008) podem ser considerados um pouco artistas, depende do ponto de vista. A pesquisa deles envolveu o isolamento de uma proteína verde fluorescente que fez os bichinhos abaixo ficarem dessa cor.

Na verdade, a idéia foi modificar geneticamente os seres vivos ou células para que eles produzam essa proteína fluorescente. Usando cores, fica mais fácil observar o funcionamento das células. É quase um novo tipo de microscópio biológico.

As aplicações práticas justificam este trabalho, pois ao descobri e observar esses genes (modificados para produzir a proteína fluorescente), eles podem utilizar esta proteína para compreender e tentar solucionar mais facilmente os casos envolvidos em metástases tumorais e outras funções cerebrais.

Você acha justo utilizarem os animais para esses fins? E na arte?

Os ganhadores do prêmio primeiro isolaram o gene produtor da proteína fluorescente dessa água-viva.

 

Esses ratinhos foram produzidos em 1997 e utilizados para estudos de desenvolvimento fetal.

 

Depois do trabalho com a cor verde, os cientistas puderam observar genes de várias cores e rastrear várias proteínas de uma vez só.

 

Esses porquinhos não foram modificados geneticamente, eles herdaram as mudanças da mãe.

 

Esse gato que fica vermelho na luz ultravioleta foi criado em 2007 por cientistas sul coreanos.

 

Alguns artistas piraram nessa técnica, esse coelho é uma “obra” de biotech art que ficou famosa em 2000.

 

Esse girino também é obra de artista.

 

Esses peixes modificados já são vendidos nos Estados Unidos.

 

 

 

Fonte: Blog do Galileu

 

 

 



Sites amigos:
Jogos Online - Kevin-Monster - Portal Nós na Web - Baixar Programa - CityFriends - Biologia Interativa - Cursos Grátis - Cursos Gratuitos - Cursos Online Gratis - Central do Inglês