A Graça da Química > Qui-Legal
||A Graça da Química- Polímeros e pessoas
Polímeros e pessoas

Em Abril de 1997, o médico Frank Baker, um especialista em medicina de urgências da área de Chicago, participou num ensaio clínico para experimentar um tipo de pele artificial no tratamento de diabéticos insulino-dependentes, cujos tecidos se encontravam danificados devido aos efeitos secundários de elevado nível crónico de açúcar no sangue.
Baker, que padecia de diabetes desde há mais de quatro décadas, corria o risco de perder um pé devido às úlceras de pele que não conseguia curar. No seu caso, os resultados da experiência foram quase milagrosos, uma vez que o tecido artificial cultivado em laboratório não só cobria e protegia as feridas, como segregava substâncias químicas que favoreciam uma regeneração mais rápida do seu próprio tecido. Citando Baker, “a pele artificial salvou-me o pé".

O material que torna possível esta extraordinária maravilha da medicina foi sintetizado a partir de polímeros, ou seja, a partir de cadeias de moléculas de grande longitude formadas por ligações químicas de muitas moléculas pequenas, de um ou vários tipos diferentes.

Provavelmente, a maioria das pessoas está mais familiarizada com os polímeros sob a forma de plástico, os quais constituem produtos do quotidiano (Ex.: embalagens de plásticos para alimentos, plástico de bolhinhas para embalagens, etc). Contudo, os polímeros estão presentes em todos os componentes da natureza. A madeira, os tecidos vegetais e animais, ossos, por ejemplo, são polímeros, tal como o DNA existente no interior do núcleo celular e a membrana que separa as células.

De facto, quando começou, no século XIX, a indústria dos polímeros fabricava materiais derivados de polímeros naturais como, por exemplo, o celulóide artificial procedente da celulose das plantas. Finalmente, a indústria começou a sintetizar novos materiais, como o nylon, que vieram substituir os materiais naturais. Estes eram fabricados sem necessidade de precursores naturais.

Os produtos dos nossos dias, que ultrapassam as fronteiras entre a matéria viva e a matéria morta, tal como a pele artificial de Frank Baker, marcam o início de uma grande variedade de possibilidades para melhorar a saúde humana.

Por detrás destes avanços estão mais de 150 anos de progresso na investigação dos polímeros, levada a cabo por centenas de investigadores, assim como por mais de um século de investigação em transplantes de órgãos e biologia celular. O caminho que conduziu aos progressos conseguidos recentemente nos tratamentos médicos modernos começou com as investigações realizadas por científicos cujo interesse consistia em obter uma melhor compreensão da química e da biologia.



Sites amigos:
Jogos Online - Kevin-Monster - Portal Nós na Web - Baixar Programa - CityFriends - Biologia Interativa - Cursos Grátis - Cursos Gratuitos - Cursos Online Gratis - Central do Inglês